Esta página utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação, personalizar as aulas acadêmicas e desenvolver a investigação pedagógica. Se continuar consideramos que aceita a sua utilização. Aceito Política de cookies

Practicum Universities é “aquilo que debe ser feito”

Prof. Trevor Gibbs, Presidente da AMEE: “A simulação é extremamente importante como proteção para os pacientes”

Prof. Trevor Gibbs durante a conferência anual do Conselho Europeu de Avaliadores Médicos (European Board of Medical Assessors) em Lodz (Polônia).

“A simulação oferece aos profissionais acesso a situações que de outra forma não poderiam ser diretamente observadas e em um ambiente seguro e controlado”. Para o Prof. Trevor Gibbs, presidente da Associação para Educação Médica na Europa (Association for Medical Education in Europe, AMEE), “Practicum Script, o programa baseado em simulação, representa uma abordagem dinâmica para um domínio efetivo, e Practicum Universities, o treinamento de raciocínio clínico, desponta como aquilo que deve ser feito na graduação”. Na sua opinião, “essa lógica pode ser especificamente relevante para países com recursos limitados, onde muitas vezes não é possível praticar em pacientes reais”. 

6 de fevereiro de 2019 - Madri. O Prof. Gibbs, formado pela Universidade de Liverpool, iniciou sua carreira pela Oncologia, antes de se tornar clínico geral em seu país. Após uma carreira de sucesso no Reino Unido, seu interesse pela educação médica lhe deu a oportunidade de se estabelecer em muitas partes do mundo, apoiando o desenvolvimento de novos currículos, principalmente em regiões nas quais a saúde permanece um desafio. Esta entrevista, na realidade, ocorreu durante um rápido encontro na Polônia durante a última conferência da EBMA e por e-mail de Madri/Singapura durante uma de suas viagens. Ele sente que "um componente vital que precisa de maior ênfase em todos os lugares é o reconhecimento dado à especialidade de educação médica".

De acordo com o Prof. Gibbs, "devemos reconhecer que o mundo da educação e do aprendizado muda rapidamente e devemos continuar a inovar os métodos educacionais, o que, suponho, apoia o que vocês estão fazendo" (referindo-se ao Practicum Script). Como um importante órgão de educação médica global, "os princípios da AMEE são baseados na criação de oportunidades para facilitar a educação dos profissionais de saúde a nível internacional, o que lhes fornece uma enorme plataforma de exibição". Sem demonstrar favoritismos, a AMEE fornece às instituições uma vasta estrutura para compartilhar novas abordagens ao planejamento curricular, técnicas de avaliação e gestão educacional em resposta aos avanços da medicina, demandas dos pacientes e pensamento educacional.   

 - Até agora você escreveu extensivamente sobre o tema de Educação Médica, com um interesse especial no Desenvolvimento Curricular ... quais são as principais lacunas no curso de Medicina no momento?  
- Bem, eu poderia mencionar tantos ... os primeiros que me ocorrem são reconhecimento, metodologia, desenvolvimento de professores, conhecimento em termos de ensino, avaliação em termos de objetivos para o mundo real e liderança. O principal problema é levar os métodos educacionais modernos para países historicamente reprimidos ou com dificuldades, dado que uma boa educação médica significa melhores cuidados de saúde. Há muitos problemas com isso, inclusive em termos de contexto, cultura, política, ética e, é claro, custos.

- Você mencionou "avaliação em termos de objetivos para o mundo real" ... Como a educação e o treinamento baseados em simulação podem ajudar futuros profissionais? 
- Precisamos nos lembrar de avaliar tudo o que fazemos (as ferramentas educacionais estão adequadas para o objetivo?). Eu gostaria que nossos médicos recém-formados possam dizer: "Eu sei como manejar as situações que vou encontrar". A competência é um tópico muito importante em todo o ensino superior, e colocar o foco no lidar com a incerteza é certamente uma abordagem precisa para o cenário clínico. Além disso, o raciocínio clínico é muito importante e vital, mas com mudanças no comportamento dos pacientes, nas expectativas da sociedade e nos padrões das doenças, o raciocínio clínico se torna mais dinâmico do que estático. Neste sentido, a segurança do paciente se torna no momento muito importante, e a segurança e a competência caminham juntas. Portanto, a simulação é extremamente importante como proteção para os pacientes.

Neste sentido, ajudar a diagnosticar problemas e testar novas abordagens antes que elas sejam implantadas de verdade podem ser entendidos como uma das principais vantagens da simulação na área da saúde. A sua capacidade de reproduzir um aspecto do atendimento clínico e permitir que os alunos pratiquem em um ambiente seguro comprova sua eficácia em atingir os objetivos da prática. O Practicum Script e seu programa piloto para estudantes dos últimos anos de medicina, conhecido como Praticum Universities, fornece uma maneira conveniente de se concentrar em resultados práticos e apostar em competências funcionais alinhadas com a prática clínica. De acordo com o Prof. Gibbs, "a formação de um profissional competente deveria começar com iniciativas baseadas na aplicação de conceitos baseados em evidências". Esclarecer as expectativas para os estudantes poderia ser a chave para isso.

 

Script Connect
Centro de atendimento personalizado

Colocamos à sua disposição um serviço de atendimento personalizado, através do qual pode obter suporte técnico e ajuda, tanto para a navegação dentro da página como para a utilização do programa.

Perguntas frequentes